Música: Romance

Conheci o compositor irlandês Ólafur Arnalds no final de 2012, por conta de um vídeo que me inspirou a gravar este vídeo aqui. Depois de muito tempo namorando uma de suas composições, gravei minha versão dela.

Romance é a faixa três do excelente disco Found Songs.

O Casamento de Laura

Quando Laura casou, deixou a família e os convidados em polvorosa. Recusou-se a entrar por último e ser entregue pelo pai ao futuro marido. Ela e o noivo entraram juntos na igreja.

Disse que não era propriedade do pai para ser entregue a ninguém.

Das Emoções

Até poucos anos atrás, antes d'eu aprender a lidar melhor com minhas emoções e antes d'eu aprender a meditar, eu vivenciava meus sentimentos e as situações como se fossem uma montanha russa. Mais ou menos assim:


Normalmente, as pessoas pensam que estas mudanças vão transformar a vida em um mar de rosas. Como se elas fossem virar o gráfico de humor todo pra cima em direção à felicidade extrema e constante. Assim:


Só que o que vi acontecer não foi isso. O que mudou foi a minha capacidade de estar consciente dos momentos. Ao invés de ficar sendo jogado de um lado para o outro, à mercê dos acontecimentos, passei a vivenciar com muito mais clareza as coisas pelas quais passo. O que aconteceu foi que tudo se aproximou do meio. Não no sentido de tornar tudo monótono e sem graça mas sim de tornar mais sereno porque há a visão de que tudo é passageiro. E mesmo que as coisas sejam menos exageradas, elas são vivenciadas com mais intensidade. Isso é que fez a maior diferença.


Ainda existem momentos de muita excitação, de alegria desenfreada ou de raiva inflamada. O lance não é passar por momentos ruins pensando tenho que arranjar uma maneira de ser feliz no meio desta merda toda. Nada disso. O lance é pensar olha, tá dando merda, mantenha a calma e o equilíbrio e faça o que der pra fazer, sem ser conivente, porque logo logo isso acaba.